Thais tem um estilo contemporâneo, um jeito próprio de pintar com muita criatividade. Gosta de cores fortes, vibrantes e usa formas com bastante movimento para retratar seus desenhos.Hoje, mais experiente artística e profissionalmente, vai além da atividade de pintar e desenhar. Quer torná-la popular, ampliar os horizontes propostos na construção de sua arte. Thais tem seu próprio estilo e não segue tendências, mas sim apenas sua imaginação, seus sentimentos. Quando inicia um desenho, não o planeja, simplesmente expressa o que vem à mente e no decorrer do trabalho acrescenta o necessário para completar a idéia.Artista por vocação, Thais Lino participou de ateliês livres na adolescência explorando seu lado criativo já latente desde a infância. Teve uma infância lúdica que contribuiu muito para construção de sua personalidade artística. A formação acadêmica, cultural e artística, impulsionam seu desenvolvimento e o aperfeiçoamento das técnicas adotadas, tornando possível o amadurecimento das idéias e uma junção de insight e técnica.Originalista, modernista, inovadora, são alguns adjetivos que a qualificam como artista a frente de seu tempo. Thais Lino:“Criar, produzir e falar através da arte como linguagem da mudança.”

Thais have a contemporary style, their own way of painting with lots of creativity. Likes strong vibrant colors, and uses shapes with a lot of movement to portray their drawings. Today more artistic savvy and professionally, goes beyond the activity of painting and drawing. Want to make it popular, expand the horizons proposed in the construction of his art. Thais have their own style and does not follow trends, but just your imagination, your feelings. When she starts a drawing, don´t makes a plan, simply expresses what comes to mind in the course of work and adds what is necessary to complete the idea. Artist by vocation, Thais Lino participates of workshops free when teen makes her explore her creative side latent since childhood. She had a playful childhood that contributed to the construction of his artistic personality. The academic cultural and artistic training, boost development and improvement of techniques adopted, enabling the maturation of ideas and a junction of insight and techniques. Originalist, modernist, innovative, are some adjectives that qualify as a artist ahead of his time. Thais Lino: "Create, produce and talk through art as a language of change."

SILENCIADO

"A turba popular, no entanto, acreditou que fui “suicidado”! Meu corpo, mesmo que totalmente sem forças, serviu de tempero para que a sopa da revolução que culminaria na volta da democracia fosse cozida.
Décadas mais tarde, mais uma vez fui “suicidado”. Não eu, mas meu símbolo. Um cabide amarrado, uma camisa branca social e uma calça preta, nisso me resumia. Disseram: - temas de suicídio não são permitidos nessa instituição! - Aqueles restos foram então colocados em uma sala pouco movimentada para não chocar o público.
Nessa sala, tendo como fundo uma janela azul emoldurada em vermelho. Um piano, no lugar da carteira de colegial e ao canto direito, uma luminária, que ao ser acesa deu ao espaço um conjunto de luz e sombras barroco. Aliás, não existe melhor palavra que defina o local em que meu símbolo se encontrava. Lá fiquei, digo, ficaram: o cabide, a camisa e a calça.
Sim, mais uma vez fui responsabilizado por minha morte, mais uma vez o silêncio e a desculpa dos maus foi propagada pelos cantos, num som audível, diferente do grito de minha alma sacrificada. - Essa temática não é bem vista aqui! – Porque não falar de flores crescendo nos campanários das igrejas? - Por que não associar o ribombar dos sinos aos clarins do anjos tronos? – Para que falar de suicídio?
Porque não foi suicídio e porque a Arte nem sempre agrada aos olhos".


Texto: Wilton Nascimento
Inspiração: Obra “DOI – DÓI MUITO” da artista Thaís Lino.




NOTÍCIA:


Hoje meu trabalho toma uma proporção gigantesca.
Apresentei uma obra instalação com um tema forte, dramático e hoje se notícia nos jornais o reconhecimento internacional deste caso como um crime da humanidade, brutal e se notifica o Estado Brasileiro.
Se reconhece aqui em meu trabalho que o artista de fato está afinado com assuntos também delicados da história, e levando ao público dados, acontecimentos... para além de questão estéticas, conceituais ou filosófica.
Ass: Thais Lino.
—————————————————
O ministério dos Direitos Humanos informou nesta quarta-feira (4) que vai "aprimorar" as investigações sobre a morte do jornalista Vladimir Herzog.
A nota do ministério foi divulgada após a Corte Interamericana de Direitos Humanos responsabilizar o Estado brasileiro pela falta de investigação, julgamento e punição aos responsáveis por torturar e assassinar o jornalista durante o regime militar (1964-1985). A Corte Interamericana determinou, ainda, que a morte de Herzog seja considerada um crime contra a humanidade. "Consideramos que a sentença da Corte IDH, ainda que condenatória ao Estado brasileiro, representa uma oportunidade para reforçar e aprimorar a política nacional de enfrentamento à tortura e outros tratamentos cruéis, desumanos e degradantes, assim como em relação à investigação, processamento e punição dos responsáveis pelo delito", diz a nota do ministério.



PAPO DE ARTISTA: Manifestação Pública.



O que fazer quando seu trabalho não se adequa aos formatos e práticas tradicionais de uma instituição?


A arte possibilita o exercício da LIBERDADE e da espontaneidade?!

Compreendendo tudo isto, a arte passa a ser o resgate de algo extremamente poderoso – a expressão da LIBERDADE, da criatividade em uma instituição que “pratica” as boas ações “artísticas” seria uma regra básica e não acontecimentos digamos convenientes, ou até mesmo político, e digo mais... com pessoas envaidecidas pelo pecado do ego! 

Assinado: Thais Lino / Artistas Plástica.




EXPOSIÇÃO: Instalação/ Tema Político/ Obra: DOI – dói muito!



Qual a função de uma obra de arte?
Embelezar o mundo, personificar um sentimento pessoal, mostrar uma paisagem, contar uma história ou um momento que marcou de alguma forma o artista, o mundo, e com certezas várias outras definições com conceitos e formas que poderia escrever aqui sem parar. Mas uma das coisas mais interessantes que uma obra de arte pode mostrar é o lado estético (romantizado) que o artista consegue dar para uma situação que é dura, feia, bruta, drástica! É o momento criativo e sensível que o artista consegue enxergar e transformar através da matéria que usa em seu trabalho aquela situação que outras pessoas só enxergariam o feio!
Nesse trabalho, uma situação histórica de um drama que aconteceu na década de 70 no Brasil, a morte polêmica do jornalista Vladimir Herzog, é retratada de maneira simples usando um material comum e acessível a todas as pessoas. Roupas, cabide, luminária são montadas de um jeito que para quem não conhece a história da morte trágica do jornalista, poderá parar e pensar sobre o porquê daqueles objetos estarem instalados daquela forma? Podem pensar que foi o acaso do cotidiano de quando chegamos ao nosso guarda roupa, e encontramos aquele cabide com roupa caído no armário! Ou simplesmente acharem que foi uma maneira diferente de pendurar roupas! Para quem conhece a história, a percepção será diferente com certeza. Verá ali nas simples roupas penduradas em um cabide modificado uma cena armada, montada, nada natural. E é aí que entra o trabalho conceitual do artista, mostrar o lado subjetivo dentro de uma realidade existente retirando a dramaticidade da cena real e romantizando o lado trágico. Deixa para os expectadores lances (material usado no trabalho, forma de montagem, entre outros) que dão ideias para o público, observarem e chegarem a uma conclusão pessoal que vai lhe agradar ou não! O uso do material comum a todos, aproxima o público do trabalho que o faz pensar nas inúmeras possibilidades de conceitos conhecidos por ele e o artista penso nisso como forma sensível de mostrar seu sentimento sobre um assunto que ele quer abordar.
Esse trabalho específico quer passar a ideia de que todos podem se tornar personagens dessas situações críticas que o mundo impõe. No caso em particular desse trabalho, ele é inspirado no momento crítico relacionado ao jornalista Vladimir Herzog. Da maneira que foi montado, o trabalho lembra a clássica foto onde mostra a cena de sua morte nas dependências do DOI – Codi (Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna). Uma cena montada nada natural onde queriam passar a ideia que o jornalista havia se matado. E nessa semana, especificamente no dia 26 de junho, que é o dia Internacional de Apoio às Vitimas de Tortura, esse trabalho presta homenagem e mostra a indignação contra esse tipo de situação que até hoje milhares de pessoas no mundo inteiro sofrem.


Artista: Thais Lino.
Trabalho: Instalação/Tema Político.
Obra: DOI – dói muito!
Ano: 29/06/2018
Local: Fundação de Arte de Ouro Preto, Núcleo de Artes.
Linguagens Artísticas Contemporâneas/Ministrada por: Ricardo Macêdo.
Crédito arte publicitária: Wilton Nascimento.
Foto: Ricardo Macêdo.


https://www.facebook.com/LINOTHAIS/media_set?set=a.10209153746200663.1073741875.1830090978&type=3




Mostra coletiva “Novembro Negro – Expressões Culturais Afrobrasil




Com ações voltadas para a reflexão do mês da Consciência Negra, acontece a mostra coletiva “Novembro Negro – Expressões Culturais Afrobrasileiras”
O evento é uma realização da Gerência de Difusão de Programas Culturais da Fundação de Cultura do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio do Núcleo de Artes Visuais em parceria com o Conselho dos Direitos do Negro, do Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro, da Subsecretaria da Promoção da Igualdade Racial e Secretaria de Cultura e Cidadania.
IIacir Galvão:
Núcleo de Artes Visuais.
Curador da Semana.
Conselheiro do CEDINE MS.
Gerência de Difusão Programas Culturais da FCMS/SECC/MS.
Participação: Artista Plástica/ Thais Lino.
3 obras.


Te conto como sou através de minha arte, de meus traços... um lado negro e outro lado que explode em cores brutas e delicadas.
Thais Lino.





CONSERVAÇÃO & RESTAURAÇÃO

Aprender sobre a importância da conservação e restauração é treinar a sensibilidade estética, estudar a relação entre épocas, estilos e formas.





A natureza generosa deu ao artista a capacidade de exprimir seus impulsos mais secretos, desconhecidos até por ele próprio, por meio dos trabalhos que cria; e estas obras impressionam enormemente outras pessoas estranhas ao artista e que desconhecem, elas também, a origem da emoção que sentem. Sigmund Freud, 1910
Fonte: Arte e Psicanálise





PERSONAGEM VIVO DISSECADO: Peso no Peito
arte que te abriga arte que te habita
arte que te falta arte que te imita
arte que te modela arte que te medita
arte que te mora arte que te mura
arte que te todo arte que te parte
Paulo Leminski , Toda a Poesia, Companhia das Letras





Criatividade e +Conhecimento

Aqui é muita arte,design, pesquisa, técnica...e muito processo criativo.
Faz-se as pesquisas, busco-me inspirações e elaboração de critérios. 
Então a arte e o design são levados muito à sério. ...
Thais Lino.


CONVITE & EXPOSIÇÃO


"TRANSMITOLOGISMO JOÃO E MARIA"

Projeto concebido pelo artista plástico JOÃO SEBASTIÃO DA COSTA, que reuniu 58 artistas em torno do tema MARIA TAQUARA. São telas, esculturas, fotografias, poesias e músicas, que rendem homenagem à esta mulher guerreira da histórica Cuiabá e ao mesmo tempo em que exaltamos a obra do grandioso e generoso João Sebastião, que formará uma ciranda cultural.

Nesta quinta feira dia 14 de abril as 19h na CASA DO PARQUE.
Cuiabá MT/Brasil.





EXPOSIÇÃO EM ABRIL - "TRANSMITOLOGISMO JOÃO E MARIA"


CONVITE- O artista plástico João Sebastião Costa (in memoriam), Thiago Alcaraz, Érica Costa Aguiar, Flavia Salem, Luiz Marchetti, Juraci Masiero Pozzobon, Aline Figueiredo, Rayra Freitas, Rimaro Soares Vital Thais Lino Costa, Ivana De Souza, Mari Gemma De La Cruz, Salete Luenenberg, Nilson Pimenta , Patrícia Wolf, Vitória Basaia Carvalho, Regina Pena, Maria Beatriz Perfeito, Aluízio De Azevedo Júnior, Henrique Magalhães, Javier Porporatto, Gonçalo Arruda, Aleixo Cortez, Wander Melo, Emanuelle Calgaro, Areuter, Ruth Albernaz Silveira Heleninha Botelho, Elieth Gripp , Télio Fernandes, Gervane de Paula, Janiane Walkiria, Adriano Figueiredo Ferreira , Samara Yukali Ferreira, Sabata Miyoko Ferreira, Pedro Guilherme, Valques Rodrigues da Costa, Cecílio Vera, Lúcio Larangeira, Adriana Milano, June Junne Fontenele Cardoso, Benedito Luiz Nunes, Rosylene Pinto, Airton Reis Reis, Regina Ortega Calazans, Alair Galeria Fogaça, Dogan, Altair dos Santos, Fabio Motta, Henrique Santian, Rai Reis, Aclyse Mattos , Amanda Alvez Bonfim, Antonio Pacheco, Cigarra Chan
Janete Manacá , Leôncio Paulo Barthalo, Maria Ligia Caviglioni, Mirian Marclay, Regina Pena, Ruy Ribeiro, Sonia Palma, Tiana De Souza, Geraldo Espindola, Silvana Lôbo e Regina Kaizer convidam para a VERNISSAGE DA EXPOSIÇÃO:
"TRANSMITOLOGISMO JOÃO E MARIA"
Nesta quinta feira dia 14 de abril as 19h na CASA DO PARQUE.
Leiam mais no link 

http://circuitomt.com.br/flip/578/#13/z


Titulo: Dissecando o sentimento de Taquara
Ano: 2016
Técnica: Nanquim com colagem
Materiais: Nanquim, tinta relevo, tinta acrílica, Acetato de Polivinia, aplicação com folha de ouro, e materiais diversos como colagem.
Artista Plastica: Thais Lino.





'' A natureza não tem cópia , preserve a original ! ''
(Iasmin Boaventura Pedrozo)
Se na natureza não tem cópias, por que na arte tem que ter? Pense que a cópia não tem a aura do original. Neste tempo, no agora, procure teu próprio olhar e teu caminho com personalidade.
(Thais Lino).




Texto de: 
João Sebastião Barros
Critico de Arte, Artista Plástico, João Sebastião é Prêmio de Viagem ao País.Traça Comentários Artísticos.
Matéria para o Jornal Circuito MT, Agosto de 2013/ Brasil.

Thais Lino elabora e conceitua a obra de maneira própria.
Articula a Arte do feminino, de modo particular. É intimista. Revestida de clareza e elegância.Revela meticulosidade no proceder artístico. Aflora-se nos trabalhos expostos - desta intelectual requintada, variadas concepções artísticas.
As projeções fazem caminhos a formigarem-se numa espécie de peneira cósmica. Uma bateia de proposições luminosas. Seria como separar o diamante bruto a ser lapidado pelo joalheiro.Vem de dentro do espaço, o melhor a ser mostrado ao público. Usa diversos materiais. Classifica os elementos cognitivos em preciosas e belas colagens. Transbordante de luz própria e de conhecimento inato em prazerosas e assépticas caixas, as quais são capazes de deslumbrar ou acariciar o conhecimento.São relicários da memória e do espírito bem protegidos. Sabe reverberar em si mesmo. Neste espaço-tempo ela é seletiva e sensitiva na coordenação da matéria prima , tão necessária à interseção, e de maneira estética, deliciosa ao imaginar, transmite parecer técnico.Trás imensa fascinação ao sentir Arte. Há começo, meio e fim. Ela vivencia e condiciona o olhar do espectador, e concede o toque conclusivo. Nada falta e nada sobra.Nasce e orbita dentro do espaço. Independe de pré esboços.





O TRANSMITOLOGISMO DE JOÃO E MARIA

AGENDA:

Exposição lindíssima no mês de abril em Cuiabá-MT.
Titulo: Dissecando o sentimento de Taquara
Ano: 2016
Técnica: Nanquim com colagem
Materiais: Nanquim, tinta relevo, tinta acrílica, Acetato de Polivinia, aplicação com folha de ouro, e materiais diversos como colagem.

Apresenta: Exposição em 14 de Abril/2016.
Local: Cuibá-MT / Brasil.





O que leva alguém ser voluntária?

Poder contribuir de alguma forma e partilhar seu tempo, é uma satisfação enorme. Dá-nos sentido a vida, e trás uma grandeza pessoal.
Eu sou voluntária! Faço trabalhos voluntários. E tu?

“O que fizemos apenas por nós mesmos morre conosco; o que fizemos pelos outros e pelo mundo permanece e é imortal”. (Albert Pike )




Intuição e criatividade podem fazer a diferença para o sucesso.
Certa vez o médico indiano Deepak Chopra afirmou que duas qualidades podem fazer a diferença para o sucesso de uma pessoa – e em todos os campos da sua vida, inclusive o profissional. O médico e escritor enfatizava que a formação acadêmica e os estudos em geral são essenciais (ou nosso potencial ficaria limitado). Porém, quando tais fatores entram na equação, costumam ser decisivos.
E sabem quais são os ingredientes citados?
Intuição e criatividade.
Sim, inovar é preciso.
O profissional de maior sucesso será aquele capaz de ter novas ideias sempre, ou seja, apto a criar e recriar continuamente, porque de mesmice o mundo já está cheio.
A esta altura, você provavelmente está se perguntando como conseguir tamanha façanha. É uma questão de treino. O grande primeiro passo é passar a colocar atenção e intenção em cada tarefa que fazemos( na Arte) e em cada instante que vivemos.
Experimente e... Boa sorte!


fonte: mdemulher


SERIE: Como Se Tornar um Artista
Seu sonho de se tornar um artista?
Isto pode não ser tão inalcançável quanto parece.
Se você possuírem um determinado talento, vai enfrente.
Desenvolva um estilo pessoal marcante.
Faça isso aprendendo a pintar e desenhar coisas relacionadas aos seus assuntos favoritos, da mesma forma que todos os pintores que você mais gosta aprenderam também.
Quanto mais você aprender novas técnicas e métodos para entender suas próprias paixões, mais o seu próprio estilo irá emergir.
Ter um estilo pessoal é a combinação de aprender a desenhar e pintar bem nos seus métodos favoritos, prestando constante atenção no assunto.
Você irá se tornar um especialista que possui uma marca própria, quando possuir um nível de competência intermediário.
Dominar um assunto e um método é algo um pouco mais difícil, que vem naturalmente mais tarde, de modo que você, facilmente, sempre produza bons resultados, sem nem mesmo pensar nisso.

E...boa sorte!
Thais Lino.



fonte de leituras: blog Estúdio Fonseca

ARTIGO.

Atitudes de pessoas criativas e inovadoras


Criatividade não é meramente uma questão de técnicas e habilidades, mas sobretudo de uma atitude mental no trato de problemas e de idéias. Sem uma atitude mental correta, estas técnicas não produzirão resultados. Para serem eficazes, as técnicas de criatividade precisam ser acompanhadas de atitudes que nos levem a ver o mundo sob diferentes perspectivas e a trilhar novos caminhos.

Pensamento de pessoa criativa:
Curiosidade: Criatividade requer uma disposição permanente para investigar, procurar entender e obter novas informações sobre as coisas que nos cercam. Para se tornar uma pessoa mais criativa você deve aprender a perguntar “por quê?” e “e se…?” e incorporar estas perguntas ao seu cotidiano;
Confrontando desafios: As pessoas criativas não fogem dos desafios mas os enfrentam perguntando “como eu posso superar isto?”. Elas têm uma atitude positiva e vêem em cada problema uma oportunidade de exercitar a criatividade e ser inovadora;
Sintese: Olhe as árvores, sem perder a visão da floresta. A capacidade de se concentrar nos detalhes sem perder de vista o todo é uma habilidade fundamental das pessoas criativas. A visão do todo lhe dá os caminhos para estabelecer conexões entre informações e idéias aparentemente desconexas;
Mente aberta: Criatividade requer uma mente receptiva e disposta a examinar novas idéias e fatos. As pessoas criativas têm consciência e procuram se livrar dos preconceitos, suposições e outros bloqueios mentais que podem limitar o seu raciocínio;
Flexibilidade: As pessoas muito criativas são hábeis em adotar diferentes abordagens na solução de um antigo problema. Elas sabem combinar idéias, estabelecer conexões inusitadas e gerar muitas soluções potenciais. Elas adoram olhar as coisas sob diferentes perspectivas e gerar muitas idéias;
Caro amigo, reflita ai e diga-me....
Quais destas atitudes mentais caracterizam sua maneira de lidar com seus desafios?
Quais atitudes você precisa desenvolver para fortalecer sua criatividade?
Dica: Faça um aprimoramento de sua criatividade e seja inovador na arte! (Thais Lino)



Fonte: Conceito Consultoria/ Reginaldo Dal`Bó.


"O importante é sabermos o critério que utilizamos para decidir o que queremos da arte.
Vale ressaltar, trabalho autoral é bacana, nos possibilita uma técnica particular e adequação estética".

Thais Lino.






SUSTENTABILIDADE & ARTE

O que é sustentabilidade na arte(nos meus trabalhos) para mim?
É uma forma bem particular de conservação dos materiais que se reaproveita.
Posso dizer que é a conservação excelente e consciente, assim minha ideia de desenvolver trabalhos com base de materiais diversos é maravilhoso.
Inspire-se!

Thais Lino.
www.deartcriatividade.blogspot.com.br



ESPAÇO CRIATIVO

Sempre vos trago um convite especial, falando filosoficamente sobre a arte, e quem sabe, buscar a capacidade criativa e traduzir em ideias... Como digo “extraordinárias”.
Aqui um espaço para organizarmos nossos pensamentos e refletir sobre o processo de criatividade, e outros assuntos pertinentes como a arte em tua ação humana, ética, portanto também estética. E assim queremos produzir conhecimentos, pensamentos próprios.
A investigação é constante para obtermos o melhor de nós na arte, assim nos proporcionará aflorar ideias e nos libertar da esquematização do sistema.
O bom é descobrirmos a nossa relação com a arte, e dando passagem para entender “o novo”, o tal do click, a cada forma, a cada cor, a cada material. Senão entendermos esta relação será muito difícil para querermos ousar com criatividade.
Talvez possa estar parecendo bastante técnica em meus dizeres, mas pelo contrario... Quero leva-los a pensar e saber que para ser criativo basta desenvolver planos analíticos, críticos, assim encontrarmos mais clareza no “fenômeno” de ser um artista criativo.
Veja bem, o sentido fundamental é a liberdade sempre, colocar teu total potencial criativo (que já tens por natureza).
Agora, também tenho que vos dizer...
Estar fora do sistema (arte tradicional), pode nos levar para algumas consequências no mercado das artes (infelizmente).
Amigos (as) pensem comigo...
És livre e é instrumento de uma expressão livre na arte, melhor de tudo sabe o que é?
É marcar tua posição com criatividade e elaborar muito bem o teu processo de desenvolvimento criativo e será bem sucedido.
Voilá!!

Thais Lino.

Obs: rabisco " SOMOS ANTENAS"

É isso...




“Legal é...
Ganharmos a vida quando nos disponibilizamos vive-la. Sou uma artista que tem uma relação com a arte e a vida. Minha vida é minha obra de arte, é enfeitada, traços firmes, das cores mais vibrantes, e procurando sempre a moldura ideal. A arte me proporciona experiências na esfera do pensamento do intelecto. Conhecer, entender, produzir, deu-me oportunidade de ampliar a visão de mundo”.

RIQUEZA&CULTURA


A riqueza está exatamente onde você conserva a identidade cultural e assim reflete em tua arte.
Entenda que a identidade cultural é um processo que herdamos, é o que vivemos, o que somos.
Por isso entender e conservar a riqueza da diversidade cultural e a etnocultura, é fundamental para preservar a sua própria identidade cultural e assim ser original.
Legal não é?

Thais Lino.







(Imagem para ilustrar o texto somente)





A ESTÉTICA NA ARTE CRIATIVA

Quando se acha algo bonito teoricamente teria de saber o que é a beleza e o que é a estética.
(tem de ter fundamentos)
Por que se não sabe o que significa a beleza, como saber se algo é bonito e julgar tal qual?
A questão é saber as prioridades da estética.
Pense...
Eu pensei...
Na conduta do pensamento refere-se ter interesse a algo, deseja-lo, qualidade, sentimento e é uma ação do observador, onde digo que ai acontece à recepção estética.
Falamos aqui já em seguida da formação da concepção estética e nada mais é o reflexo das nossas experiências.
Vamos entrar na arte...
A estética reflete sobre a arte... Feio ou bonito? Gosto ou desgosto? Será que existe algo de muito pobre no gosto ou não?
A questão é saber descrever suas experiências visuais, e saiba que dependerá ainda mais de tua cultura e visão de arte que será crucial neste pensamento e momento.
Vou mais a fundo, falar da estética na arte criativa...
Pensemos na arte enquanto conhecimento. Criatividade estética nada mais é que um desenvolvimento de uma conduta baseada em expressões livres e uma arte totalmente traduzida entre a estética humana e sua estruturação de intervenção plástica primordialmente visual e que tenha imagens que façam movimentos e volume. Assim, a criatividade se torna uma expressão, com representação que tenha formas e estilo em processos criativos da composição onde possui diversos componentes, como a relações entre razão e realidade, a estética e sensibilidade, o crítico e criativo, enfim uma comunicação visual.

Thais Lino
Desenhos,arte E Muita Criatividade,Thais Lino.



DESEJO&ENTENDIMENTO 


Deus nos dá dons incríveis.
Para algumas ele dá vários.
Talvez tenhamos que escolher.
Para mim a escolha comum foi a vocação. 
Tenho a vida inteira pela frente para seguir no caminho que escolhi.
Nada destrói os sonhos.
Olho para o céu, e através de tudo que sinto, que percebo, que lembro, vem a inspiração que preciso.
O olhar onde se absorve o mundo.
Onde se aprisiona, e também onde se liberta.
Talvez eu escolhi.
Escolhi trilhar em um caminho difícil, mas em um percurso reto e certo.
Escolhi a criatividade, o dom, a vida.
Arte!
Escrevo para cada um que me acompanha, e deixo-vos sempre minhas ideias criativas, um jeito de perceber a arte de modo bem particular, deixo em textos todo meu momento de pensar e saber da arte.
Alguns anos em meus blogs pessoais, rede social, venho colocando muitos assuntos em foco, e o dom, a criatividade, a motivação artística, em uma tentativa de atingir muitos, e dizer-te que independente do que faça, do dom, do talento que tenhas, não desista jamais!
Tenha inspirações incríveis e o olhar(REGARD) voltado para ser sempre criativo e original.

Thais Lino.
Desenhos,arte E Muita Criatividade,Thais Lino.
www.deartcriatividade.blogspot.com.br





"Novas linguagens visuais, novas formas de sentir e nos envolve as novas percepções".

Estarei vindo com novo tema.
Mas a Coleção REGARD continua.....

Thais Lino.

OBS: Arte inacabada, um quadro de 1.40x1.10


Foto de Catraca Livre Brasília.

NOTICIAS


Catraca Livre Brasília: 

10 exposições geniais para curtir em Brasilia- DF / Brasil :http://goo.gl/O9Y7nl

Exposição REGARD na lista das 10 exposições geniais para se ver em Brasilia.



Câmara Notícias > Rádio
ENTREVISTA  / CULTURA > TRILHA DAS ARTES

Bloco1

Apresentação - Marco Antunes
Produção - Renata dos Reis
Coordenador substituto - Juliano Pires

















ENTREVISTA  / CULTURA > TRILHA DAS ARTES

Bloco2

Apresentação - Marco Antunes
Produção - Renata dos Reis
Coordenador substituto - Juliano Pires